Bagagem de Mão

Mala de viagem corporativa em 7 passos

Sabe aquela preguiça que bate só de pensar em arrumar mais uma mala de viagem a trabalho? Queremos lhe ajudar a combatê-la! Para facilitar a sua vida, seja você um(a) viajante frequente ou não, separamos algumas dicas para a hora de escolher o que levar. Imaginando que você já checou clima e compromissos propostos, a lógica de montagem podem seguir esses 7 passos:

  1. Calças ou saias

Leve até uma parte de baixo para cada dia da viagem (para as curtas, de 3 a 4 dias, por exemplo, é possível levar apenas duas partes de baixo e repeti-las).

  1. Camisas e blusas

Pense em uma peça por dia e se houver compromissos noturnos, adicione mais uma para cada compromisso (ou uma para cada dois). E lembre-se que é possível usar a mesma peça no dia seguinte apenas mudando-se complementos ou a parte de baixo.

  1. Casacos/blazers/coletes/cardigans

Podem ser levados em menor número e repetidos com mais frequência que camisas/blusas. Um para cada 2 dias de viagem de quatro a cinco dias é o suficiente (em viagem mais longa, repita-os na semana seguinte).

  1. Economize nos sapatos

Para até 3 dias é possível levar apenas um par além do que você irá calçando. Coordene suas cores com as de calças e saias. Calças escuras com sapatos escuros, calças claras com sapatos claros ou de profundidade média. Por exemplo: calças/saias em preto/marinho e/ou grafite, funcionam com sapatos pretos; calças e saias em cinza/bege/verde militar e/ou vinho, ficam ótimas com marrons escuros ou caramelo. Um sapato nude pode ser usado com qualquer cor de saia, vestido ou calça mais curta.

  1. Escolha tecidos que não amassam

Algodão tipo pima (peruano); peças com mistura de poliéster em sua composição; tricôs; jeans; e também o jersey para as mulheres.

  1. Nem pense em levar

Saltos altíssimos (que remetem a lazer, não a trabalho), peça sem função (só porque você gosta dela), tecidos que amassam, partes de baixo muito claras (são as que mais se sujam).

  1. Incrementar sem exagerar

As mulheres em geral são as que mais sentem falta de cores e estampas, então, lenços, brincos, colares e até mesmo batons, alegrarão as produções. Lenços viram colares, cintos e pulseiras, e os grandes podem até virar quimono… Mas isso é conversa para um outro encontro!

Boa viagem!

 

*Ana Vaz é consultora, autora, docente e palestrante das áreas de imagem pessoal e profissional, estilo, moda e etiqueta.

comentários