Espaço Aberto

Dia do Hoteleiro: 6 Histórias de quem tem paixão por servir

por marketing quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Hoje é comemorado o Dia do Hoteleiro. Para celebrar a data de quem está todos os dias buscando surpreender seus hóspedes, separamos 6 histórias, do Royal Palm Hotels & Resorts, sobre a verdadeira paixão em servir.

Maurício da Rocha (Confeitaria): Ao ser informado da restrição alimentar de uma hóspede e ao mesmo tempo saber que ela estava “sonhando” com um doce que pudesse saborear, Maurício a surpreendeu com uma sobremesa especial em seu apartamento.  A atitude surpreendeu e encanto a cliente – que, inclusive, fez um post nas redes sociais, no qual afirmava que o hotel foi além das expectativas.

 

Natália de Tralli (Eventos): Durante um evento para ciclistas paralímpicos no Hotel, Natália percebeu que um dos atletas estava com o pneu da bicicleta furado e com dificuldades para realizar o reparo. Sem o conserto, o ciclista ficaria fora da competição. Ela, então, se lembrou de um amigo que poderia ajudá-lo e providenciou o reparo. A ação possibilitou que o atleta seguisse na competição.

 

Taynara Oliveira (Recreação): Um hóspede completou 60 anos durante sua estada no Royal, mas não queria comemorar a data, pois o título de idoso o incomodava. Ao mesmo tempo, sua filha queria surpreendê-lo e homenageá-lo, mas temia desagradar o pai. A Tia Trakinas, sabendo da situação, auxiliou a filha na montagem de uma surpresa: um vídeo com fotos e depoimentos dos amigos foi montado e projetado no cinema do resort, que também foi decorado para a ocasião. Ao final, o hóspede disse ter sido o melhor aniversário dos últimos tempos.

 

Priscila de Tarso (Recepção): Uma hóspede chegou aflita ao hotel por ter perdido a sua CNH no Aeroporto Internacional de Viracopos. Encontrar o documento tornou-se urgência, pois a hóspede ficaria em Campinas apenas um dia. Priscila prontificou-se a ajudar e entrou em contato com todas as lojas do local em que a hóspede esteve. Com isso, localizou o documento e contatou um motoboy para buscá-la. Cerca de 45 minutos depois do check-in, a hóspede já tinha o item em mãos.

 

Marinalva Oliveira e Paula Cristina de Moraes (Governança): As colaboradoras estavam limpando o apartamento do hóspede e viram em seu crachá da empresa que aquele dia era seu aniversário. Na mesma hora, procuraram a supervisão para colocar um presente e bexigas no apartamento para que o hóspede, ao retornar ao quarto, tivesse uma surpresa. O cliente agradeceu e elogiou muito o atendimento da dupla.

 

Marli Maria (Governança): Enquanto Marli fazia a abertura de cama em um dos apartamentos, a hóspede do quarto chegou e telefonou para o marido aos prantos por não conseguir acalmar os filhos, agitados por conta da diversão no hotel. Ela queria deixar o hotel, mas Marli a acalmou dizendo que crianças são assim e estavam se divertindo e a convenceu a ficar. Além do agradecimento e um abraço da hóspede, mais tarde, Marli ganhou um agradecimento do marido dela, que chegou depois.

 

**

E aí, gostou? Todas as histórias contadas aqui fazem parte de um programa interno de reconhecimento de talentos, chamado “Momento D”. Todos os meses, relatos como estes são enviados para um grupo, que elege as melhores e realiza uma premiação para os colaboradores.

comentários